Elementary OS Loki 0.4 [REVIEW]

Olá pessoal, hoje eu venho aqui para fazer uma review sobre a nova versão elementary OS, a versão 0.4 Loki. Não ouve mudanças muito grandes no sistema, apenas alguns updates mais simples, por isso para complementar sua leitura eu deixo dois links de outros textos para uma leitura posterior: “Um novo olhar sobre o elementary OSeElementary OS 0.3 Freya! [Análise]”, ambos postados neste ano no blog. Dito isso vamos falar dessa versão, que nos trouxe várias atualizações e alguns bugs novos.

captura-de-tela-de-2016-09-24-20-34-02
Imagem/Reprodução. Disponível em < http://elementary.io >

1. Novidades e nova base

O elementary trouxe novidades interessantes quando se diz respeito a aplicações próprias e as padrões. Primeiramente, o navegador Midori foi destituído como o padrão e quem ocupou seu lugar foi o navegador do projeto Gnome, o Epiphany. Esta aplicação é bem simples, leve e, com as modificações dos desenvolvedores do sistema, agradável. Uma de suas qualidades é o baixo consumo de bateria. Perante a outros navegadores fica bastante a desejar, mas, com certeza, é uma opção viável quando se fala em minimalismo e simplicidade.

Outro padrão que fora mudado é na aplicação de e-mails: o Geary não é mais usado como padrão e sim um fork dele agora chamado simplesmente de “Correio”. É praticamente a mesma coisa, só que agora ele é um aplicativo mais integrado com a interface. Ficou com aquele “toque elementary”.

Um outro novo programa é a Central de Aplicações, escrita especialmente para o elementary. Ela é bem prática de se utilizar e muito bela, como se espera desse sistema. A nova loja pode além de instalar novas aplicações as atualizar. Os únicos defeitos são que não é capaz de listar aplicações que não possuem ícones como os codecs e não instala pacotes baixados da internet no formato DEB. Fora isso, atende bem ao usuário que precise procurar novos programas.

Na barra superior, os indicadores do canto superior direito foram atualizados. Segundo os desenvolvedores do elementary eles foram reescritos do zero, não usando mais a base do Gnome. Os indicadores ficam com uma boa aparência e bem integrados mas alguns deles perderam funcionalidades. Uma coisa que ficou pendente foi no indicador de rede que não suporta mais o uso de banda larga móvel, ou seja, modens 3G. Isso no meu caso tornou impossível a conexão com a internet já que uso apenas banda larga 3G. Não sei se isso foi proposital já que nos dias de hoje é pouco usada, mas está fazendo falta. Por isso não pude ficar com o elementary OS como meu sistema, tive de voltar ao Ubuntu.

Falando em Ubuntu, agora o elementary usa como base o Ubuntu 16.04 e vem também com suporte estendido de 5 anos, mais precisamente até o ano de 2021. Já estava na hora do elementary se atualizar visto que o Ubuntu 14.04 já está ficando um tanto obsoleto e não tem drivers e kernel mais atuais.

2. Detalhes de Interface

Mudanças leves ocorreram na interface. Uma bem simples que foi adicionada é que, dependendo do Wallpaper, os ícones ficam pretos ou brancos. Este pequeno toque é para manter agradável a integração “Wallpaper – Interface”. Aparentemente não foi alterado mais nada na interface gráfica do sistema.

O sistema pecou em não trazer um novo pacote de papéis de parede. Os que vem com o sistema são os das versões passadas. Não dizendo que são feios, mas sim que já os conhecemos e esperava-se novas imagens para dar uma renovada na estética do elementary.

3. Cadê os PPAs?

Uma coisa que é meio controversa é a nova politica do sistema de não suportar repositórios externos, como os PPAs. Isso fora feito com o pretexto de que os usuários poderiam “quebrar” o sistema com aplicações externas e torná-lo instável e inseguro.

Acho que isso é bastante prejudicial visto que nem todos os programas que precisamos estão nos repositórios oficiais, como os drivers de vídeo ou o Google Chrome. Há um meio de contornar este empecilho mas um usuário básico pode não saber disto e ficar sem realizar alguma tarefa.

É possível instalar repositórios novamente instalando o pacote “software-properties-common” pelo APT em linha de texto. Já fica um ponto negativo, na minha avaliação, para o sistema.

4. Concluindo e avaliando o geral do sistema

O sistema está amadurecendo a cada versão, e isso deve ser elogiado. Alguns bugs de lançamento são inevitáveis mas o fato do sistema nos deixar na mão sem internet é algo que torna impossível seus uso como sistema principal no meu caso. Um outro ponto que não comentei no início desse texto foi o consumo de RAM que ficou em torno dos 1GB, como qualquer sistema moderno.

Se você não precisa de modens 3G para usar a internet, eu recomendo; e se precisar desista dele pelo menos até mudarem isso. Outro detalhe é de que eu notei que as vezes o Wi-Fi também “buga” e some então também deve se considerar isso.

Eu não vejo uma usabilidade boa em um PC convencional, recomendo o elementary OS mais para notebooks visto que ele me parece ficar melhor adaptado. Concluindo, eu fico com um “pé atrás” em recomendá-lo como seu sistema padrão, creio que o melhor é esperar por um patch que conserte esses bugs. Isso talvez ocorra na versão 0.4.1.

Bem esta é minha opinião sobre essa release do elementary, e como disse recomendo que leia os links do início de texto e complemente o seu conhecimento para ver se o elementary é o sistema perfeito para o seu uso. Então era isso, abraço a todos e até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s